Eu posso passar um dia inteiro sem falar com você, sem te mandar nenhuma mensagem desesperada te lembrando que te amo. Eu poderia fugir agora para qualquer lugar, sem mandar noticias, e nem morreria de saudade por causa disso. Se você me deixasse, eu não deixaria de dormir à noite nem choraria assistindo filme romântico querendo você aqui ao meu lado. Sinceramente, eu sou completamente independente de você. Mas eu escolhi não fugir, eu escolhi ficar o dia inteiro pensando se você está bem e te mandar uma mensagem quando acordo e antes de dormir. Eu escolhi ser completamente sua sem que isso me trouxesse nenhum mal, sem que isso fosse arriscado. Você me culpa todos os meses por esquecer o nosso aniversário de namoro, mas eu nunca me esqueço do seu jeito tímido ao me pedir, com uma rosinha vermelha e um sorriso bonito, para ser sua como as estrelas são do céu. Você acha ruim o fato de eu não saber o número do seu telefone decorado, mas eu nunca me esqueço da sua voz alegre ao atender, quando eu ligo. Eu não sou desesperadamente apaixonada por você. Paixão é algo tão ilusório e passageiro. Eu viveria sem você sem chorar a noite toda, mas com você é melhor, com você tudo fica mais bonito. Eu poderia escapar de você, mas se eu escolhi ficar é porque, aqui dentro, algo nunca vai me deixar ser totalmente independente quanto eu penso que sou.

Comentários

  1. Uau, que lindo!
    As vezes agente ama, e acha que não ama, acha que é fácil se livrar do amor, acha que não vai doer depois, mais doí, e quando alguém ama, ninguém e independente.
    Concordei total com texto e achei lindo. Sucesso.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Guarda-chuva amarelo

Lar.

Fotografias em palavras