Pular para o conteúdo principal

[Continua....]


Pelo menos, ver o teu sofrimento me conforta. Quando você cai em prantos, o som do seu choro é uma canção. Quando você lamenta, eu atiço um pouco mais, só para ver até onde vai essa dor. Eu estou sempre procurando ser alguém que te irrite mais um pouco, estou sempre testando em que parte te dói mais.

Comentários