Pular para o conteúdo principal
A saudade já me matou, doutor
Já não tenho mais lar, onde morar
No coração que antes me acudia já não posso entrar

Comentários