Pular para o conteúdo principal

Medo meu



Eu sabia que a coisa mais estupida que eu poderia fazer nesses últimos dias era me apaixonar. E mesmo assim, lá estava eu novamente...
Ignorei todos os meus avisos de perigo, minha autoproteção e me entreguei. Superei o meu medo de não me machucar apenas para viver alguns dias de sorrisos e depois encarar o fim. Agora temo a minha transformação para algo ruim. Temo que eu me torne alguém incapaz de amar.
Que tipo de pessoa eu serei sem amor? Que tipo de pessoa eu serei sem o calor de alguns beijos? Sem a proteção de alguns abraços? Sem a certeza de que tem alguém me esperando chegar? Alguém que vai sentir a minha falta quando eu viajar, alguém pra me fazer sentir importante. Eu não serei nada...
Somos feitos de amor, não é mesmo? Eu nunca vi alguém sem amor, ser feliz. E o sentido da vida não é buscar a felicidade? Tudo o que precisamos é de amor.
Mas eu tenho tanto medo... o que parece ser uma brisa às vezes se mostra um furacão. Eu tenho medo, eu tenho medo.

Comentários

  1. Tudo de que um sentimento precisa para agigantar-se dentro de nós é que lutemos contra ele.
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa... Esse teu comentário foi um tapa na cara! rs

      Excluir
  2. Esse medo é um conhecido meu. Sei muito bem como você se sente... É complicado, mas depois de um certo tempo, a gente acaba se acostumando com a ausência de amor, por mais triste que isso seja. Todos nós vamos amar um dia, e lidar com o medo é essencial...

    www.olacocorderosa.com

    ResponderExcluir
  3. Ao contrario de muitos, não tenho medo de amar, não mesmo.
    Adorei o texto, muito bom. E primeiro comentário também.
    Beijinhos *-*

    Itgirlsiempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu não acho que temos que ter medo de amar, mesmo tendo, as vezes... Amar é tão bom, faz tão bem e mesmo que em algumas situações machuque, é necessário o amor... Mas acho que esse medo passa :3
    http://www.senhoritaliberdade.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário