Pular para o conteúdo principal

Ponto

Hoje passei a acreditar – ou aceitar - que quando amamos alguém é preciso dizer. Sem medos de arrependimentos, é preciso dizer que se ama. Então, é por isso que estou agora aqui. É por isso que viajei todos esses quilômetros para te ver. É por isso que voltei e estou aqui com esse sorriso torto que já te encantou um dia, para dizer: eu te amo e só. Só isso.
Não, quer dizer, me desculpe. Não é só. Eu gostaria muito de segurar suas mãos agora, estamos tão próximos e eu não posso fazer isso, simplesmente porque eu tremeria. Perdoe-me por ter desistido tão rápido de você, por não ter tido coragem de levantar a cabeça e te pedido pra ficar. Perdoe por ter te feito dormir sozinho todos esses dias. Não pense que decidi voltar por me sentir sozinha, não. Por favor, não pense. Ao contrário, já estive com tantos caras legais e engraçados durante esse tempo, mas na manhã seguinte nada fazia sentido, porque eu ainda desejava você. Renato me perdoe, por favor. Não peço e jamais pedirei para que você me aceite de volta, por mais que meu coração clame por isso. Eu deveria ter feito esse pedido há alguns anos atrás, quando você ainda era um pouco meu e quando minha vida ainda estava em ordem. Eu tive o poder de mudar tudo e simplesmente te deixei ir embora. Você está com essa garota agora e por mais que eu a deteste, eu te deixo ir – novamente. Mas dessa vez é diferente, a escolha está em suas mãos, Renato. Não acho que te mereça mais, seus lábios são dóceis demais para beijar uma garota como eu. Eu não te mereço mais Renato e isso me dói muito. Desculpe ter demorado tanto para dizer. Mas eu já aprendi a lição, é preciso dizer o que se sente antes que o tempo torne tudo insignificante. As coisas se perdem no tempo, Renato, e eu me condeno todos os dias por ter te perdido.
Eu te amo, Renato. Desculpe-me por ter sido tão fraca.

Comentários

  1. Caramba, que texto mais belo... Gostei da sua sinceridade, as vezes a gente não consegue dizer o que sente por tantos motivos... Só não podemos deixar os momentos bons passarem, não é mesmo?

    olacocorderosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Na verdade, temos que dizer tudo o que sentimos e pensamos... Beijo

    ResponderExcluir

Postar um comentário