Pular para o conteúdo principal

Meio 1/2


Eu nunca consigo terminar um texto, escrever as histórias que invento, colorir o desenho até o final. Da mesma maneira que não consigo encantar alguém totalmente, apaixonar-me por inteiro, conseguir conversar com alguém sem querer estar só. Tenho um sonho incompleto, um quarto bagunçado e uma mente barulhenta. Sinto vontade de parar enquanto atravesso a rua. Eu sei, algo está errado por aqui, algo que mexe comigo mais do que deveria e me afasta do caminho certo. E eu sei exatamente o que é. Despedidas sempre me desequilibram. Desequilibrada, ah, eu ando quase caindo. Um dia, eu caio. Mas queria continuar andando para talvez te encontrar e ter uma história INTEIRA com você. INTEIRA assim bem grande, para não acontecer de novo: as melhores coisas que me acontecem ficam pela metade e eu continuo com esse vazio, esse buraco, essa necessidade de uma continuação, de um fim. É como se eu não conseguisse terminar algo e 

Comentários

  1. Rs,cá entre nós: parei de colorir meus desenhos pelo mesmo motivo (além de q os estragava), entre outras coisas.
    Olha, moça, acho q tá tudo certo com vc sim, hein. Algo de errado haveria se não sentisse essas coisas. Mas cala a boca não, se esforça um pouquinho mais, vc escreve tão bem... Faça pela gente que te lê (=
    Abração, Ray!

    ResponderExcluir
  2. Oi menina! Olha só, lendo o seu texto, me deu uma vontade de chorar, porque a verdade é que pensei que eu poderia tê-lo escrito. Se você entrar no meu blog e ler a última postagem, verá que é bem parecido, a diferença é que você conseguiu dizer bem mais do que eu.
    Vamos lá, continuemos a luta de ter algo por inteiro!

    ResponderExcluir

Postar um comentário