Para o garotinho de cabelos loiros

Nunca vi boca tão pequenina - se sorri, serve-me como morfina,
Para curar em mim as dores mais agudas
Que se tornam mudas
Ao ouvir risos teus

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Guarda-chuva amarelo

Lar.