Pular para o conteúdo principal

Dança

Entre um rodopio e outro, esqueci-me de que não estávamos sozinhos. Naquele exato segundo que você me fez sair do chão, rodando-me junto ao seu corpo, era como se eu estivesse voando com um anjo. O toque das suas mãos segurando as minhas como se eu fosse sua, isso confundiu todos os meus sentimentos e agora creio que realmente te pertenço. Eu nunca achei que me sentiria assim de novo. Você me rodopia mais uma vez, um passo pra frente, um pra trás, você me segura em seus braços como se eu fosse cair, deixando nossos olhos unidos - quase posso ver o que há dentro desse seu rosto bonito. Eu nunca achei que me sentiria assim novamente. Mais alguns passos e isso não importa mais, a música não importa mais. Ops, foi sem querer, pisei no seu pé, mas tudo bem, porque o seu corpo ainda está colado ao meu e acho que estou sentindo eu coração bater mais rápido. Ou é o meu?
Rodopio.
Pergunto-me se você está sentindo o mesmo que eu, agora. Se uma dança é capaz de unir dois corações como une as nossas mãos. Se existe no mundo uma musica que dura pra sempre e que, se existir, por favor, Deus, que seja essa.
Mas não é, eu sei, e ela vai chegando ao fim como tudo um dia chega e suas mãos se afastam um pouco, mais um pouco, até que você se vai. Volta? Eu nunca achei que sentiria essa dor de novo.

Comentários