Pular para o conteúdo principal
Olha, sei que já faz tempo, talvez você nem se lembre mais, mas é que até hoje eu espero que você entre, assim, sem compromisso, de volta na minha rotina para expulsar de vez essa saudade que me atormenta. Quem sabe eu não consiga ter de volta aquele sorriso feliz que eu conseguia com você aqui? Mas você se foi sem dizer que seria para sempre. Engraçado, nem o amor nem a amizade que havíamos um com o outro foi eterna, por mais que prometêssemos. Só a sua ida sem volta.
Quando eu disse eu amo você, isso era mais que três palavrinhas para mim. Era uma forma de tentar te mostrar meus sentimentos mais sinceros. E eu, bobinha, acreditei ser reciproco. Não falo de um amor de filmes, falo de uma amizade da vida real, que por sinal, até hoje não sei se foi totalmente real. Da minha parte foi, sempre foi. Eu daria minha vida à você, sem pensar duas vezes. E então você partiu, sem nenhum bilhete, sem nenhuma explicação.
Você não pensava duas vezes antes de dizer duras palavras, que eram como uma lança em mim, enquanto eu media palavras e gestos para não te magoar. A vida te trouxe algumas vezes para mim, mas não era como se fosse você. Não era o você que eu costumava conhecer. Eu sei que você mudou muito, eu mudei também, mas, com toda certeza eu digo que a forma que eu te amava não mudou, continuou ali, te esperando voltar.
Sabe, ninguém nunca será para mim o que você foi. Ninguém jamais preencherá esse buraco que você deixou no meu coração. Sempre te guardarei aqui dentro com as lembranças mais bonitas que tenho de você.
Se quiser aparecer qualquer dia, você tem meu endereço, meu telefone, e um lugar reservado em meu coração que está trancado esperando por você. Não ache que eu te esqueci nem que é tarde demais. Nunca é tarde demais pra quem ama.

Comentários