Pular para o conteúdo principal
Já está tarde, não há tempo para mais nada. Eu te deixo livre para ir a qualquer lugar. Você tentou tantas vezes fugir dos meus braços e eu tentei cumprir a promessa de não te deixar ir, mas agora você tem uma estrada imensa para seguir. Sem mim. Leve no bolso todas as nossas lembranças e aquelas suas mentiras bonitas, os panos molhados com falsas lágrimas. Vai que eu te cuido de longe e continuo rezando por você. Vai que, mesmo você me fazendo tão mal, eu ainda te quero bem.

Comentários