Pular para o conteúdo principal

To you

Às vezes é como se você estivesse aqui comigo, mesmo que invisível pros meus olhos. É como se você estivesse me observando e me protegendo de longe, guiando meus caminhos e sorrindo comigo. Às vezes é como se você me abraçasse e chorasse comigo. Vez ou outra, imagino como você está e procuro algum modo que eu possa te encontrar, mas é como se você quisesse fugir de mim, evitando qualquer indícios meus. Eu não consigo cumprir nossa promessa de te deixar no passado. Você sempre foi o meu presente e futuro, eu não sei simplesmente apagar isso. É uma parte de mim. Talvez a parte mais importante de mim (e a que mais me falta). De nada adiantaria queimar suas fotos, cartas e presentes. Entende, vê se entende, nada vai resolver. Nada. Só a sua volta. Eu tento te esquecer todo o tempo e vivo como se fosse feliz. Sorrio, brinco, faço piadas, mas eu quase posso ouvir a sua risada. Aquela risada como se dissesse “você é a garota mais idiota do mundo e isso é o que me faz feliz”. Como eu posso te esquecer se você está comigo até quando não está? E como eu posso querer te esquecer se foi você quem sempre me fez bem? Me diz como e me mostra a receita. Desenha pra mim que eu não entendi.

Comentários