Pular para o conteúdo principal

Will, ela não vai voltar


Ela sempre me ajudou, por mais que isso lhe causasse alguns sacrifícios. Era de madrugada que eu mais precisava de alguém, alguém que não reclamasse nem se importasse de passar a noite inteira acordada comigo, só para tentar me fazer sentir melhor. Alguém que colocasse a mão sobre a minha e me entendesse quando ninguém mais conseguia fazê-lo. Eu precisei de um abraço, de um ombro, precisei de uma pessoa inteirinha que estivesse lá por mim. E ela esteve lá por mim, sempre. Até nas vezes que gritei e a magoei, ela nunca foi embora, nem sequer ameaçou ir. Eu conseguia enxergar tantas coisas nas palavras que ela me dizia e no seu sorriso que protegia. Aquela garota foi minha salvação. Queria que ela soubesse que ninguém nunca me causou um sentimento tão forte quanto o qual ela causa em mim. Queria ter cuidado melhor dela, ter feito-a sorrir. Voltar no tempo, talvez, e nunca fazê-la chorar com um adeus tão frio como o meu. Eu não deveria ter ido embora nem a perdido de vista.

Comentários

  1. Voltar no tempo não é possível, mas voltar no presente e dizer o que não foi dito é mais provável, a não ser que o obstáculo seja a vida e não você mesma.
    Gostei daqui!
    Tô seguindo!

    ResponderExcluir
  2. E quando não podemos fazer nada pra mudar?

    ResponderExcluir
  3. É, é algo entre remosso e arrependimento, mas a sensação de que valeu a pena! Amor, se não for encômodo poderia por favor retribuir a visita? Estou começando a divulgar meu blog... sabe comé né? rs.

    ResponderExcluir
  4. Oi, gostei do seu texto,e do blog, claro, essa imagem de fundo é tão bacana! xD Muito obrigada pela visitinha e coments no In My Place!

    ResponderExcluir

Postar um comentário