Pular para o conteúdo principal

Pensamentos de Eduardo e Nicole

- Senti tanta a sua falta. Se não fosse por meus sonhos te trazendo todas as noites, eu acho que não aguentaria.
- Se não fosse pelas nossas lembranças durante o dia todo, eu não sobreviveria.
- Mas sobreviveu bem. Soube que está com um namorado novo.
- Fui salva de algo que poderia ser fatal. O que queria que eu fizesse?
- Queria que me esperasse.
- Não é fácil, não é tão simples esperar você decidir quando é bom ou não para voltar.
- Você prometeu, lembra? Você disse que podia me esperar para sempre.
- Você também prometeu. Disse que nunca iria embora, mas você foi. Estamos quites.
- Você está tão diferente.
- Houve tantas mudanças, me diz como eu poderia continuar igual?
- (silêncio)
- (silêncio)
- Ele te faz feliz? Seu sorriso é o mesmo com ele, como era comigo?
- Quando eu estou triste, ele tem um jeito bonito de me fazer bem. Com você era o contrário. Você sempre me fazia chorar.
- Eu era um idiota, me perdoe.
- Eu sempre te perdoei por tudo, até por isso.
- Eu me arrependo tanto pelo o que eu fiz. Se eu pudesse voltar, eu jamais te diria adeus.
- Não faz mais diferença agora.
- Eu sei que faz. Você pode deixa-lo e ficar comigo. Iriamos para bem longe desse lugar e realizaríamos todos aqueles seus sonhos. Eu até compraria uma casa branquinha longe da cidade, com a varanda de frente para o mar, porque eu sei que você deseja isso. Teríamos um balanço na árvore onde brincaríamos como crianças. Eu sei que posso te fazer feliz. Só me dê essa chance. Fica comigo.
- Eu... Eu não posso. Para com isso. Por favor, sai daqui. Vai embora.
- Não vou sem você.
- Você já foi sem mim. Não posso confiar em você de novo.
- Ai ai, chatinha. Minha chatinha...
- Não! Por favor, pare.
- Você sabe, eu...
- Não diga.
- Eu ainda amo você.
- E eu nunca deixei de te amar.
- Isso é pra sempre, né?
- Para sempre e além.

Comentários