Pular para o conteúdo principal

Antes de dormir

Quando penso em escrever algo para você, me invade um sentimento de culpa, uma dorzinha chata, meus olhos se enchem de lágrimas e eu fico querendo te ver, te abraçar. Eu não queria isso, não queria sentir essas coisas ao me lembrar de você. São coisas feias e você é bonito demais para trazer essas coisas. O que a gente viveu também foi bonito, eu acredito, e não sei se já chegou ao fim. Às vezes nem sei o que pensar sobre isso, sobre nós. Não sei se tudo o que passou foi certo ou errado. Mas cada dia com você foi dias importantíssimos para mim, dias especiais que me faziam esquecer tudo. Não dúvida disso. Estar com você me fazia bem, e ainda faz.
Há muitas coisas que eu gostaria de te dizer, muitas coisas que você não sabe, mas vou me calar. Preciso me calar. Deixa que eu guarde isso pra mim. Você se tornou tão especial pra mim em tão pouco tempo, eu ainda nem sei como tudo isso aconteceu. Sempre me lembro do seu sorriso. Eu gosto de ficar olhando para ele, olhando pra você, te admirando, tentando gravar cada detalhe do seu rosto, cada parte do momento para ficar relembrando depois, para nunca esquecer. Gosto dos seus beijos, do seu abraço, da sua voz e de como você canta baixinho. É como se ali, perto de você, estivesse a minha paz e só ao seu lado eu posso tê-la.
Minha vida estava ao avesso antes de você chegar. Tudo ficou mais bonito com você aqui.

Comentários