Pular para o conteúdo principal
Hoje voltarei para casa sozinha
Sem uma mão para segurar a minha.
Voltarei, agora, para a cama,
Que antes, com você, era tão segura,
Agora está cheia de barulhos e me engana,
Só me enche de medo.
A noite que antes eu tanto esperava
Hoje me deixa apavorada,
Porque já não te tenho para me proteger do perigo.
E eu acordo sozinha desejando você aqui
Querendo de volta o meu sorriso,
Eu esqueceria os medos e as sombras,
Tudo seria mais tranquilo e bonito.
Te vejo de longe dançando sozinho na escuridão,
E você não imagina como dói meu coração,
Pois agora chove e chove
E antes isso era bom, pois era quando os anjos se encontravam,
As nuvens choravam de emoção, se lembra?
Mas você está machucado,
E eu não queria te fazer sofrer,
Acredita em mim, eu esperava te fazer feliz,
Te peço perdão por só ter te trago a dor,
Suas lágrimas me fazem chorar também.
Acredita em mim, te peço.
Você na sua nova cama, a minha é aquela antiga,
Seus pensamentos são novos e o meu é sempre você.
Mas eu tive minha chance
Talvez seja egoísmo meu te pedir pra ficar
E declarar que ainda te preciso
Dizer que nada foi em vão.
Mas agora é tarde para mim,
Você diz que eu quis assim,
Se te fiz chorar, chegou a hora mesmo de ir,
Me desculpa, te peço.
Te digo adeus querendo ficar,
Te vejo indo e isso me faz sofrer.
Queria te impedir, te dizer o que meu coração grita,
Mas me calo acreditando que assim será melhor.
Já está tarde, ficarei aqui sozinha
Lamentando os erros, lembrando as coisas boas,
E rezando por você.
Adeus, meu pequeno anjo.
Te deixarei voar de novo, apenas nunca se esqueça de mim.
(Rayanne C.)

Comentários